2021-07-13

Pacote de eficiência para alumínio e ISO N

Fresas de PCD Walter MP060, MP160 e MP260

Com as fresas de facear, a 90º e para cavidades MP060, MP160 e MP260 com arestas de PCD soldadas, a Walter apresenta um programa de produtos para a usinagem de alumínio, ligas de Al-Si, magnésio e ligas de magnésio, bem como para plásticos e materiais compostos de fibra. A fresa de facear MP060 com elevado número de cortes (z) 10–22, a partir de Ø 40 mm, é usada para desbaste e acabamento de grandes superfícies e ressaltos planos. As fresas a 90º e para canal MP160 (z =2–4) e MP260 (z = 2–3) com haste cilíndrica ou adaptador ScrewFit e Ø 16–40 mm ou 4–20 mm são adequadas para superfícies planas menores, para plunging (MP260) e canais integrais, bem como (limitado em MP160) para operações de ramping, furação e mandrilamento. Todas as três fresas são equipadas com refrigeração interna e podem ser utilizadas tanto com emulsão como também MQL.

As fresas apresentam vantagens decisivas principalmente em termos de vida útil, qualidade superficial e eficiência econômica. A vida útil significativamente mais longa na comparação com as ferramentas de metal duro é resultado, além da refrigeração interna, principalmente da classe Walter resistente ao desgaste WDN20, bem como das forças de corte reduzidas e uma microgeometria de baixa vibração. A usinagem precisa permite excelente acabamento superficial. A eficiência econômica das fresas se deve às velocidades de corte muito elevadas e aos tempos de usinagem consequentemente mais curtos. Além disto, os custos com as ferramentas são relativamente mais baixos, são necessárias menos trocas de ferramenta graças à vida útil mais longa e há a possibilidade de recondicionamento das fresas (a partir de Ø 6 mm), o que também aumenta a vida útil. A Walter vê o principal potencial das fresas na usinagem em geral e na indústria automotiva, como no fresamento de áreas menores de componentes de alumínio, bem como para componentes ISO N, por exemplo, de magnésio, na indústria eletrônica.